Franca, 21 de Julho de 2017

Diocese de Franca

CNBB - Regional Sul 1

Voltar

12/05/2017 - Assembleia Geral da CNBB


Assembleia Geral da CNBB

Durante os dias 26 de abril a 5 de maio de 2017, foi realizada a 55ª Assembleia Geral Ordinária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Aparecida – SP, no Centro de eventos Pe. Vitor Coelho de Almeida/Santuário Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

O Brasil conta hoje com 317 Arcebispos e Bispos diocesanos, 4 Administradores apostólicos e 4 Diocesanos, mais 172 Bispos eméritos.

A Assembleia contou com a participação de mais de 350 bispos dos 18 Regionais, membros da Nunciatura Apostólica, um grande número de secretários, assessores, presidentes de organismos e convidados.

As assembleias são oportunidades de intensificar a comunhão entre os bispos, as Igrejas particulares e os diversos organismos que compõem a CNBB, no diálogo e aprofundamento do afeto colegial.

O Tema Central da Assembleia de 2017 foi: “Iniciação à vida cristã: itinerário para formar discípulos missionários”. Foi produzido durante a Assembleia um texto oficial, que será publicado para estudos e aplicações em nossas igrejas particulares.

O texto – após uma introdução que apresenta as motivações para o tema de reflexão, que é a Iniciação à Vida Cristã -  segue um roteiro, com uma reflexão bíblica da passagem de João 4,5-42, que narra o encontro de Jesus com a Samaritana, uma iluminação para as reflexões sobre a Iniciação à vida Cristã, que nos anima a dar novos passos no caminho de nossa ação evangelizadora.

O Capítulo II trata do processo de Iniciação à Vida Cristã ao longo da história de evangelização de nossa Igreja.

“Deixando-nos guiar pela dinâmica do encontro de Jesus com a Samaritana, o texto apresenta ”alguns elementos que a Igreja usou e que, hoje, inspiram nossa ação evangelizadora, a fim de nos tornamos sempre mais uma Igreja casa da Iniciação à Vida Cristã” (nº 63).

O IV Capítulo propõe pistas práticas para a Iniciação à Vida Cristã.

Por fim, “as reflexões e indicações” apresentadas no texto “sinalizam a necessidade de uma conversão pessoal de todos os membros da Igreja e, consequentemente, da vida da comunidade eclesial” (nº 242). Temos como desafio construir e consolidar uma pastoral da Iniciação à Vida Cristã. As propostas apresentadas “são portas abertas para que as dioceses, paróquias e comunidades encontrem inspiração para elaborar seus Projetos de Iniciação à Vida Cristã” (nº 244)

Alguns Temas prioritários: Relatório anual do presidente; Assuntos de Liturgia: A Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia refletiu sobre “Liturgia e Participação”, dimensão fundamental da reforma do Concílio Ecumênico Vaticano II, através da Constituição SacrosanctumConcilium. A celebração é dom para todos os cristãos e a participação deve ser aprendida, de maneira própria, para todos os fiéis, na articulação dos diferentes ministérios; Celebração da Palavra de Deus; Assuntos das Comissões Episcopais Pastorais para a Tradução dos Textos Litúrgicos (CETEL) e para a Doutrina da Fé (CEPDF); Informe econômico; reflexão sobre o caminho ecumênico, Acolhida da Exortação do Papa Francisco AmorisLaetitia na Igreja do Brasil; Novas formas de consagração/Novas Comunidades.

Temas diversos: Análise de conjuntura político-social -Pensando o Brasil: Educação; Análise de conjuntura eclesial – Aparecida dez anos depois; XV Assembleia do Sínodo dos Bispos; Reflexão sobre o Congresso Eucarístico Nacional e escolha da sede – o próximo Congresso será realizado em Recife, de 12 a 15 de novembro de 2020; CELAM, palavra do Secretário Geral; 14º Intereclesial em Londrina, de 23 a 27 de janeiro de 2018; Metodologia da assembleia.

Em 2012, a CNBB criou o Projeto “Comunhão e Partilha”, experiência de inter-ajuda entre as dioceses dos nossos regionais, que tem como objetivo ajudar na formação de futuros padres das dioceses carentes. Foi constituída uma Comissão responsável pelo encaminhamento do Projeto. Em 2016, 403 seminaristas foram beneficiados. A Diocese de Franca ofereceu durante o ano uma ajuda de R$ 13.377,94. Esta partilha é uma luz de esperança na formação dos futuros padres. A Assembleia votou pela continuidade do Projeto durante mais 5 anos. Após este período, será novamente avaliado.

            Além desses assuntos tratados na Assembleia, houve reuniões privativas, reuniões dos Regionais e várias comunicações.

Durante a Assembleia, algumas mensagens, notas e declaração foram elaboradas, como, Carta ao Santo Padre, Carta à Congregação para os bispos, Mensagem aos trabalhadores; Ano Mariano Nacional, o Grave Momento Nacional.

Uma marca das Assembleias são as celebrações litúrgicas e a espiritualidade, tendo como centro as Missas, celebradas no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

O retiro foi pregado por Dom Bernardo Bonowitz, OCSO, Abade Trapista, que nos ajudou a rezar o tema: Três Faces de Maria.

A Assembleia terminou com resultados positivos, deixando testemunho da unidade e comunhão entre os bispos do Brasil.

                                              

                                                           Dom Paulo Roberto Beloto,

         Bispo Diocesano.