Franca, 21 de Novembro de 2017

Diocese de Franca

CNBB - Regional Sul 1

Voltar

29/05/2017 - 46 anos da Diocese de Franca – 12/6/1971 - 12/6/2017


“Para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos como um dia” (2 Pd3,8). Para o Senhor, um dia é 46 anos, e 46 anos como um dia.

            Celebramos os 46 anos da nossa diocese com o olhar do coração e gratidão, pelos imensos benefícios que Deus tem nos concedido, pois eterna é a sua misericórdia. Olhamos a nossa história e vemos quantas coisas bonitas foram realizadas.

Quando olhamos a nossa história, recordamos a presença católica na região através de inúmeras atividades missionárias, antes mesmo da criação da diocese. Por isso, é importante destacar o trabalho dos “operários da primeira hora”, consagrados e leigos que lançaram as sementes do Evangelho nessas terras, nos primeiros povoados, dando sua valiosa contribuição na evangelização.

Agradecemos pela vocação e ministérios dos Bispos, presbíteros, diáconos, consagrados (as), seminaristas, lideranças leigas e tanta gente que serviu e serve o Senhor nesta Igreja Particular.

Agradecemos pelos Organismos que possibilitam uma vivência mais eficaz da fé: Cúria, com seus diversos setores e pessoas; as 43 Paróquias, células vivas da diocese; as Capelas e comunidades rurais e urbanas; as Foranias, com suas respectivas paróquias, com a finalidade de facilitar a comunhão; as Assembleias Diocesanas, instâncias de responsabilidade e participação na vida da diocese; oColegiado Diocesano de Pastoral, trata das questões pastorais na diocese e nas foranias; os Seminários diocesanos, com suas respectivas etapas de formação; as Casas de formação de algumas Congregações masculinas e femininas; os diversos Conselhos, têm como finalidades colaborar com o bispo e com os párocos no planejamento, execução e avaliação das atividades pastorais, no governo e na administração dos bens da diocese e das paróquias.

As Visitas Pastorais possibilitam o contato do Bispo com o clero e com o povo de Deus.

            Caminhamos como discípulos missionários de Jesus Cristo no Ministério da Palavra, Ministério da Liturgia e Ministério da Caridade. Por isso, louvamos a Deus por todos as Realidades Eclesiais e Pastorais diocesanas que respondem a sua vocação de servir ao Senhor e a Igreja nessas demissões.

Louvamos a Deus pelo nosso 9º Plano Diocesano de Pastoral, que em comunhão com a Igreja, procura dar respostas as urgências pastorais – Igreja em estado permanente de missão; Igreja, casa da iniciação cristã; Igreja, lugar de animação bíblica da vida e da pastoral;Igreja, comunidade de comunidades; Igreja a serviço da vida plena para todos. 

Quanta riqueza podemos contemplar! Celebramos os 46 anos, bendizendo ao Senhor que faz em nós e por nós maravilhas.

Agradecemos a Deus por nossa história diocesana, com todas as suas realizações e desafios. Somos herdeiros desta bênção.

Celebramos a nossa festa porque eterna é a misericórdia do Senhor.

            Continuamos o nosso caminho sabendo que a credibilidade de nossas ações pastorais “passa pela estrada do amor misericordioso e compassivo” (MV, 10).

Neste Ano Mariano, entregamos a nossa Mãe a nossa Diocese, acolhendo o seu apelo, no primeiro sinal de Jesus no Evangelho de João, as bodas de Caná (Jo 2,5). Devemos fazer tudo o que Jesus nos disser, pois assim estaremos seguindo por um caminho pastoral seguro. Só Jesus traz o vinho novo que transforma tudo.

 

Dom Paulo Roberto Beloto,